Uncategorized

Alô Alô Bahia promove almoço em torno do médico Edson Freitas

O site Alô Alô Bahia promove almoço especial, nesta quinta-feira (28), em torno do médico Edson Freitas. O evento, para apenas 40 convidados, será na casa do arquiteto Marlon Gama, em Salvador, e contará com buffet do Mignon e decoração da Tudo São Flores, de Leila e Mariana Bischoff.
 
O jovem médico vem sendo grande destaque quando o assunto é rinoplastia, setor da medicina do qual é especialista. Atualmente, o profissional tem atraído pacientes de todo o Brasil e também do exterior para realização do sonho do nariz perfeito através do procedimento cirúrgico que remodela ou reconstrói essa parte tão importante do rosto.  A fila de espera hoje chega a quatro meses para a realização da tão sonhada mudança.
 
“A cirurgia plástica nasal modifica três aspectos principais do órgão: tamanho, forma, simetria”, explica Freitas. Para o médico, além do nariz bonito, ele tem que funcionar bem, ou seja, ter uma boa respiração. “Por eu ser otorrino e também ter conhecimento da parte funcional do nariz, associo esta cirurgia quando preciso”, afirma.
 
Pais médicos
Dr. Edson carrega em seu DNA a relação com a medicina. Com pais médicos, respirou a medicina desde cedo. Em Salvador, sempre está em companhia de seu pai, Dr. Edson Bastos Freitas, atual professor e coordenador da disciplina de Otorrino da UFBA, fiel companheiro, exemplo de dedicação e ética para sua carreira.
 
Pioneirismo
Com um currículo que inclui a formação em Otorrinolaringologista e Fellowship em Cirurgia Plástica Facial, ambos pela USP, além de títulos de Visit Fellowship Facial Plastic at Harvard Medical School, Preceptor de Rinoplastia na Universidade Federal da Bahia (UFBA), um doutorado em curso pela USP, título de especialista em Otorrino pela ABORL, Dr. Edson Freitas ainda é membro da Academia Brasileira de Cirurgia Plástica da Face, desenvolvedor de três patentes para Otorrinolaringologista (Otobone , m -Scope , Ed-angle).
 
Em 2018, foi o primeiro médico a realizar a rinoplastia ultrassônica no Hospital das Clínicas da USP em São Paulo e agora traz esta nova técnica para Bahia, “o que é um grande avanço para a medicina em nosso estado”, pontua. “O aparelho utilizado de origem francesa ajuda o médico a esculpir os ossos do nariz com menos trauma aos tecidos, melhorando ainda mais a qualidade da cirurgia e gerando um pós-operatório com menos inchaços e roxidão”.

Matéria: Alô Alô Bahia 
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *